sexta-feira, junho 20, 2008

O poder da sacristia!

Há algures nessa Europa uns senhores que pensam que são a reserva moral e que só porque são ouvidos, algo que deveria estar interdito ao povão, podem como quem não quer a coisa, estragar a grande festança dos europeus!
Esses tais de Irlandeses, uma meia dúzia de gente que já que lhes é permitido dizem o que sentem, mesmo depois de umas valentes cervejolas, fizeram um grande manguito ao projecto europeu e abalaram profundamente as carreiras políticas de alguns líderes desta Europa.
Mas hilariantes foram os argumentos dos defensores do "não" ao tratado, numa Irlanda profundamente católica e conservadora. Segundo eles a entrada em vigor do Tratado de Lisboa, permitiria entre outras coisas, a introdução do aborto e do casamento entre homossexuais na República da Irlanda. Mais uma vez, esse mania das democracias, de dar voz ao povo revelou-se um profundo disparate. Já deveríamos saber que o povão adora estragar as festas e nada melhor do que a deturpação do que estava em causa, para o conseguir.

Aquele abraço infernal!

48 comentários:

Vício disse...

e se só introduzissem o casamento entre os homossexuais sem o aborto?
será que o voto deles era diferente?

Cláudia disse...

Gosto dos Irlandesas!
(Só Às vezes)

Diabba disse...

Eh pah, essas cenas bichas é que não, é sabido quer na Irlanda não há disso, e tb não há memória de alguém, lá, ter feito um aborto.

Beijo d'enxofre

papagueno disse...

AS pessoas não são assim tão burras e apesar do conservadorismo exagerado dos irlandeses não creio que eles realmente acreditem nisso.
Se os verdadeiros motivos fossem esses até eu votaria SIM ao tratado europeu.
Um abraço.

foryou disse...

E já agora... o que é que eles vão fazer à quantidade de homosexuais que lá têm???
Sim, porque aquelas lindas mulheres de uma boa parte dos bares, ao contrário do que muitos pensam, têm tanto de mulher como eu de canguru!! Ah pois!!!

Quanto aos abortos... há por aí tantos... para quê continuar a reproduzi-los?!!!

Anónimo disse...

Como se vê pela qualidade da música, a Irlanda produz grandes coisas e outras que nem por isso...O pior é o não ter sido resultado de uma campanha baseada em argumentos que não lembram ao belzebu!
Carmen

Zè Rocha disse...

Olá Barzabú, raramente estou tão,mas tão de acordo contigo !!! referendos são quase sempre o lava mãos de Pilatos da classe política, muito mais perto da demagogia do que dos ideais democráticos.
De qualquer modo, a construção europeia, que subscrevo,deve contar muito mais com a plena participação dos seus Cidadãos...e isso nada tem a ver com referendos da treta!
Abraço e bom fim de semana infernal.

Cati disse...

Assino e subscrevo!

A mania das democracias... pfff!

Beijo diabólico!

Zé Povinho disse...

Será que os irlandeses se deixam enganar mais do que os outros? Eu cá fico com a sensação que se eles se deixaram enganar, não deixaram de ser os mesmos que enganados ou não, também votaram nos seus governantes.
Enganados ou não, exerceram o seu direito democrático, e errar também é democrático.
Abraço do Zé

miguelpontocom disse...

Ao menos eles vão votar, cá nem vale a pena que ninguém aparece.

Sol disse...

Sem comentários...

Bom fim-de-semana

O Guardião disse...

Grandes irlandeses! Afinal abortaram um tratado imposto pelas elites pensantes.
Cumps

Bernardo Kolbl disse...

Giro, falo hoje de coisas aqui ditas por si Camarada.
Excelente.
Abraço.

São disse...

Ai, ai, ai...
Feliz fim de semana!

Marco disse...

Eu por outro lado conheço uns quantos "abortos" que deviam ser proibídos de casar, para ver se deixavam de proliferar por este país. Mas isto ninguém referenda!!!

Å®t Øf £övë disse...

Belzebeu,
Eu acho é que o maior aborto da história recente é esse tal de Tratado de Lisboa. Nunca deveria ver a luz do dia.
Abraço.

Gata Verde disse...

Mas ninguém vai estragar a festa do próximo Sábado...

Deusa Odoyá disse...

Oi meu novo amigo.
Passei para conhecer e te desejar um bom domingo com muita paz e amor.
beijos da nova amiga.

regina coeli.

Te aguardo no meu cantinho.

Um Certo Olhar disse...

Um certo olhar sobre um certo tratado que deveria ter sido olhado de outra maneira, por cá.

Bjos ferventes

PsYcHo_MiNd disse...

Andam todos com medo de sair do armário, já se está a ver. Parece que se sentiram tocados por algo.

Brigitte disse...

Pelo menos os Irlandeses expressam a sua opinião certo?
boa semana
bjs

Rita disse...

Deus me livre agora entrarem Homossexuais no país e começarem a fazer abortos a torto e a direito! Aquilo lá é uma país decente não há lá dessas poucas vergonhas...
Jokas

tulipa_negra disse...

damn... eu pensava que só por cá é que o povo se deixava enganar... ;-)

bjs

NiNa disse...

Ehehehe
Democracia tem destas coisas :) há que viver com ela :P
bjinhos e votos de boa semana aí pelas brasas...e q brasa!

PintoRibeiro disse...

http://suckandsmile.wordpress.com/2008/06/23/eu-nem-aprecio-a-manuela-do-defice-e-sou-um-bocado-camelo-mas/

Abraço,

Sorrisos em Alta disse...

São ouvidos???

O que é isso?
Gajos tipo o Luís Filipe Vieira, que são mais orelhas que barriga? (e pernas e braços e...)

Abraço

Mocho Falante disse...

E lá voltou tudo à estaca zero, lá se vai gastar mais não sei quantos milhões para reparar o que a populaça não quis

Abraços

O Pinoka disse...

Em Portugal somos muito mais sérios!
Chumbava na mesma, só que com a diferença de não inventarmos desculpas. É mesmo porque ninguém sabe o que aquilo é.
Abraço e boa semana

PDuarte disse...

Não devem ser referendados tratados internacionais. Ponto final.

Cherry disse...

Concordo!

Enfim... disse...

pois...caso para dizer que e viva a liberdade

Beijinhos

Alien8 disse...

Belzebu,

A principal força política de oposição ao SIM não foi a Direita católica e conservadora, mas o Sinn Fein... e não estou a ver esse partido usar os argumentos que referes... Se tivesse havido referendo noutros países, estou convencido de que o resultado teria sido o mesmo. Afinal querer meter pela porta do cavalo, com outro nome e umas gravuras, o que não entrou pela porta principal, é porquito. Mas, como disse o outro, "porreiro, pá!".

Abraço alienígena.

MAria Sulista disse...

A propósito disto, lê lá isto mt interessante:

http://flyover-omarafado.blogspot.com/2008/06/ue-urss.html


Beijinhos do Sul para o Grande Belzebu ;-)

jomaolme disse...

Casamentos entre homossexuais e abortos??!!! Bah...eles nem sabem o q isso é...lol

Beijokas

Teresa Durães disse...

ehehehhe está bem apanhado!

MariaTuché disse...

Sabes que mais amigo Belzebu, estes politicos de merda que vão todos dar uma volta, cambada de hipócritas por todo o lado é cá é lá é em todo o lado.

Hoje estou de mau humor ahaha

beijosssssssssssssss

Casemiro dos Plásticos disse...

mentalidades pá lol
abraço

osátiro disse...

Vivam os Irlandeses!
Como é óbvio, não foi por essas razões q votaram NÃO; isto de darem poderes a outros sobre importantes funções de soberania não lhes agradou nada: taxas de juro; directivas sobre tudo e sobre nada; orçamento; fim das presidências rotativas...

Isabel-F. disse...

"...
Mas hilariantes foram os argumentos dos defensores do "não" ao tratado, numa Irlanda profundamente católica e conservadora. Segundo eles a entrada em vigor do Tratado de Lisboa, permitiria entre outras coisas, a introdução do aborto e do casamento entre homossexuais na República da Irlanda. Mais uma vez, esse mania das democracias, de dar voz ao povo revelou-se um profundo disparate. Já deveríamos saber que o povão adora estragar as festas e nada melhor do que a deturpação do que estava em causa, para o conseguir.
"

rss... e quem manda é o povo ...

(mas não é aqui não...)


beijinhos

Amsilva disse...

realmente, quem é que tem a lata de contrariar a ideia do governo....
francamente não sabem fazer como os portugueses, isto da democracia não foi nada de bom eheheheh
Abraço aí aos quintos!!

Gata Verde disse...

Ehehehehe...aí vamos nós!!!

mjf disse...

Olá!
Eu estou com os Irlandeses ( mas só no não á Europa)...e não pelas razões que referiste


Beijocas
Bo fim de semana

Alien David Sousa disse...

Diabinho,esse tratado é aquele que vai dar melhores condições de vida aos aliens? O Art of love ache que este nem deveria de existir e há muitos à minha volta que o contestam...estou baralhada :/

Beijinhos meu diabinho

Peter disse...

Os argumentos dos defensores do NÂO são bem demonstrativos de quem já emborcou umas valentes cervejolas mornas.

Rafeiro Perfumado disse...

Acho que os convenceram é que iriam reintroduzir as cobras na Irlanda... Abraço!

Marreta disse...

Está em marcha a preparação da IV GRANDE FARRA BLOGOSFÉRICA. Inscreve-te! Contribui para o PIB, promove a produção nacional! Junta-te à confraria do barril!
Saudações do Marreta!

P.S.: eu volto!

ines disse...

estou com tanto son...

um beijo anjodemoniacal! onde anda o zappa???

Gio disse...

Aquele abraço infernal... estive cá e li tudo o que consegui. Agora vou de férias que nem só de inferno vive o homem... ;)