terça-feira, junho 19, 2007


Um pequeno mundo...que é de todos nós!

Nos Estados Unidos, teorias mais ou menos recentes, que tentam explicar os focos de conflitos a nível global, apontam para um "choque de civilizações". Após a queda do muro de Berlim e quando se desvaneceram as questões politico-ideológicas, surgiu uma necessidade quase doentia de encontrar álibis, para que as atrocidades se mantivessem impunes e as verdadeiras potências pudessem continuar a sua missão de controlo daquilo que lhes é verdadeiramente imprescindível...os recursos energéticos!

Reduzir os conflitos globais a uma função de antagonismos nas concepções de Deus, ou a usos e costumes, é redutor e pouco inteligente, mas tem o seu quê de verdade! Não houve necessidade de uma declaração de guerra formal, após o 11 de Setembro, mas ela eclodiu. Hoje, o mundo está necessariamente diferente e os povos, que durante a Guerra Fria empunhavam bandeiras de uma forma mais ou menos pacífica, porque eram questões politico-ideológicas que estavam em causa, hoje alegam razões civilizacionais e de sobrevivência, para justificar aquilo que é impensável! Uma contra-globalização em que não se integra, mas se exclui!

Umas Nações Unidas capazes de gerir conflitos, mediar problemas internacionais susceptíveis de originar inquietação, fricção e descontentamento entre os povos, deveria ter mais do que nunca, um papel fundamental, mas o peso daqueles que mais contribuem e daqueles que usufruem de um direito de veto que lhes confere um poder determinante, impede-os de ver o óbvio.

O que está em causa não é a tentativa de criação de um enorme califado islâmico e tirânico, mas sim uma única potência, líder de todos os outros Estados, que combate um não-Estado terrorista omnipresente.

Um abraço infernal!

53 comentários:

kaph disse...

Caro infernal Belzebu,

As Naçoões unidas, você esqueceu que é o club Med.para politicos internationais?

Tudo é bem preparado para os argumentos que justifique os assaltos nos nossos bolsos para felicidade geral das Nações Unidades...

Gosto do seu blog é original o nome as musicas que você escolhe gosto tambem.Seria otimo se você indicar quem canta no fundo musical do seu blog.

Carmen disse...

Belzebu, que te deu que tás tão sério e certeiro nas palavras??
Excelente imagem que retrata bem o estado da Onu!
Tal como a tartaruga da imagem assistimos impotentes a vontade dos donos do mundo...

MariaTuché disse...

Politicas à parte hoje só te posso dizer que tens aqui um grande som a tocar :))

beijossssssssssssssssss

E claro que tens um excelente post também, casca neles ahaha

Cláudia disse...

Isto é tudo uma cambada de interesseiros.
Está tudo a borrifar-se para o resto...

Beijinho Belzebu

al cardoso disse...

Uma Europa unida e solidaria poderia ser um contra poder, mas nao consegue ser!

Saudacoes monarquicas para os "infernos".

Meg disse...

Ai, Belzebu, que hoje te deu para o sério.
Controlo dos recursos energéticos, claro! E que melhor álibi que o "choque de civilizações"?
Não sei mesmo se a tartaruga vai conseguir endireitar-se algum dia!
Mas este é o raciocínio de uma Melga, vale o que vale uma Melga.
Um abraço quentinho, que ainda estamos no inverno.

Rita disse...

Belzebu, adorei a foto da tartaruga mas acho que a ONU se comporta mais como a Avestruz, enterra a cabeça na areia para não ver e assim não tem que agir...
Jokas,

Eskisito disse...

Nem mais...não conseguiria descrever esta situação de uma forma mais acertada. O problema é que, como já foi provado várias vezes no passado, um único líder dá problemas dos grandes.

greentea disse...

que ele há horas do diabo , sem dúvida que as há !!!!

recebi o teu mail que gostei imenso e reenviei-o para umas quantas pessoas .

Agora ia mandar para mais umas quantas e tudo desapareceu. Tens alguma explicação ??

agradecia q me mandasses de novo o mail, please

beijinhos

Diabólica disse...

Mais uma vez constatamos q por detrás das instituições apenas existem interesses. N fossem elas admnistradas por humanos, ou pseudo-humanos!

Em alguns sítios do planeta( naqueles onde há petróleo) aplicam-se os direitos humanos, e noutros sítios não, pq será???

Tu já deste a resposta.

Beijinhos

Lua disse...

Realmente anda tudo de olhos postos para o mesmo lado!
Tudo vive de interesses e é com muita pena que instituíções como a ONU tb viva disso mesmo!!

Que belo discurso... sério:)

beijinhos

NiNa disse...

Sempre excelentes imagens :) E conteudos a condizer! Hoje numa vertente mais séria mas nao menos interessante :)
Um abraço da Sorrisos

CatWorld disse...

so te tenho a dizer uma coisa: Os meus parabéns!

zetrolha disse...

Muita droga se fuma aqui!Só isso justifica a vontade de fazer deste tasco um Troll Urbano profissional.
Bem se diz e é verdade...a droga deixa as pessoas numa miséria intelecto-social irreversível.


Uma talochada.

Isabel Magalhães disse...

Viva Belzebu;

Venho deixar um abraço pela ausência; fui de férias, precisamente a Budapeste e Praga, duas cidades em reconstrução.

O teu post... a qualidade habitual num registo mais sério.

***
I.

Andreia do Flautim disse...

Bem, hoje estás mais sério!

P.S. Claro que não fico deprimida por causa do fim do livro! Foi uma brincadeira ;)

Lara disse...

A implacável Globalização dava um tema para uma eterna discussão talvez com lugar no purgatório!
As questões energéticas e a intervenção da ONU estão sem dúvida associados e com interesses poderosos que ficam muito aquém do que deveria ser...mas não vivemos numa utopia!
Abraço do Ponto G

vermelhinha disse...

Bom som.

Quanto às Organizações internacionais deveriam sim ter um papael muito mais activo em todo o tipo de conflitos, mas os interesses falam mais alto.

Francis disse...

Au point!

Não é caso virgem, os salvadores tornarem-se, eles próprios nos opressores.

O problema é que o elefante cresce tanto que não vê a formiga. Ou então, é a estupidez pura e crua a principal causa de tudo. Venha o Diabo (nós) e escolha!

Agora sem demagogias, a História já devia ter ensinado aos americanos que a Democracia não se Ministra à Bomba, nem pode ser imposta.

Para mim, quem deita bombas sobre inocentes, é criminoso, venha de onde vier!

Um abraço Infernal!!!

herético disse...

abraços. belzebu das arábias...

adrianeites disse...

"O problema é que o elefante cresce tanto que não vê a formiga. Ou então, é a estupidez pura e crua a principal causa de tudo. Venha o Diabo (nós) e escolha!"
-Francis

nem mais!

Zé Povinho disse...

Razões civilizacionais? Já ouvi desculpas melhores para justificar o disparate de algumas guerras, mas falar em civilização parece-me um disparate digno daquele indivíduo a quem o Barroseiro fez questão de servir uns cafés quando se decidiu uma "razão civilizacional" no meio do Atlântico. A ambição de poder e de glória são piores do que a bebida ou as drogas ...
Abraço infernal

Zé Rocha disse...

O Terrorismo de Estado e o Imperialismo disfarçados de polícia ?

Nenhum choque de civilizações to,aria estas porporções se de um lado não estivessem tantos espoliados e de outro tantos ladrões...

Pouca esperança resta para que a Humanidade se tente aceitar e compreender,sem o recurso à razão da força belicista.E pouca margem de manobra sobra para que o Planeta não se torne a breve trecho num Inferno.
Belzebú, com estes dados podes ter a certeza que no teu sector infernal tão cedo não haverá desemprego,eheheh

agua_quente disse...

Gostei da tua análise. E és bem capaz de ter razão. :)
Beijos

marco disse...

tu falas tao bem que eu nem sei o que comentar! a serio!!
propunha um post brincalhao para eu comentar!! ehhh abraço!

Peter disse...

"O que está em causa não é a tentativa de criação de um enorme califado islâmico e tirânico, mas sim uma única potência, líder de todos os outros Estados, que combate um não-Estado terrorista omnipresente."

Brilhante a forma como terminas o artigo, sintetizando inteligentemente a situação que vivemos.

mafarrico disse...

Pois eu acho que bateste com a cabeça no post anterior...

Só pode!

É que estamos 100%!!

E isso deixa-me preocupado!

J.G. disse...

Eu, que de política nada percebo, pergunto. Para que serve a ONU? Será que existe para legitimar de jure, o poder que já é de facto dos tubarões?

E será que é só de agora ou sem pre assim foi?

Desculpai a minha ignorância, mas sou apenas um mero professor e eterno estudante.

Um abraço da Barbarielândia.

Gioconda disse...

Sinto mais facilidade em chegar aqui e dizer uns disparates quando os temas são mais brincalhões, mas gosto muito de ler os teus posts mais serios, amanhã passa lá no meu cantinho se puderes....

greentea disse...

ainda se pergunta para que serve a ONu??????????????

é mais que evidente...
curiosamente , o meu pai tinha gde revolta pela ONU e eu não entendia que era miuda na altura, mas agora percebo o pretenderem justificar certas incursões por tudo o que é sitio para fomentar a industris da guerra

No minimo , diabólico

Um beijo

amizadeevida disse...

Acreditas na ONU?

Patrícia Pêra disse...

Só tenho pena que esta guerra não tenha fim à vista. Nem mesmo quando o petróleo acabar...porque se agora guerreia-se pelo pouco que falta, depois guerreia-se porque já não há!

Já votaste?

EMN disse...

Gostei deste retrato do mundo!

beijoka

emn***

Paula Nogueira disse...

Os americanos e a sua mania da omnipotência...
A mudança de mentalidade tem de ser geral... tem mesmo...
Inferno é aquele que vivemos aqui...
jocas***

Barão da Tróia II disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Barão da Tróia II disse...

A ONU nunca foi alternativa credível a coisa nenhuma, alias deixou-se arrastar para conflitos que eram palco de jogos de poder dos blocos de então, a Coreia é um belo exemplodessa política titubeante da ONU.
Os conflitos regionais não cessam por decreto nem da ONU, verdade que alguns deles representam guerrinhas de interesses locais, outros e aí discordo até certo ponto do teu post, são efectivamente conflitos religiosos, alimentados pela corrente do Islão que quer voltar à conquista, disso não tenho dúvida, alias a história do Islão mostra que só por breves momentos o seu projecto não foi militarista e expansionista.
Óbvio que a carta "Made in USA" joga aqui um papel importante, desde o acidente do Maine durante a Guerra de Cuba de 1900 que os ianquis andam a urdir conflitos, a tecer trapalhadas e a criar monstros". Excente post, gostei. Boa semana

Marta disse...

Eu acho que o mundo inteiro deveria poder votar nas eleições presidenciais dos estados unidos! Afinal eles continuam a mandar no mundo inteiro não?

bjs

Ana disse...

As Nações Unidas estão nas mãos daqueles (USA) que querem fazer a guerra para manter os ditos recursos energéticos, está claro usando outros pretextos para a fazer!!!

Mocho Falante disse...

Vim de férias já com saudades destas verdades infernais que aqui escreves

abraços

Hindy disse...

Passei para deixar um beijinho hindyado!

wind disse...

Assino po baixo!
beijos

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Amém!
beijos

foryou disse...

ena ena como ele anda...

Mas não vou comentar o tema senão ainda cá estava no mês que vem

Era uma vez um Girassol disse...

Por estas e por outras, Belzebu, é que também te nomeei para o tal "Blog com tomates"...
Bjs

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

De regresso, a voltar, um abraço.

Meg disse...

ON...o quê, Belzebu?
Vou consultar a enciclopédia, depois volto.
Um abraço

J.G. disse...

Ó...NU! Porque te não vestes?

Um abraço escalavrado aqui da sanzala, arrastando as correntes e assustando meninos.

beleza de mulher disse...

eiiiiii tantos problemas isso é muito para ti deixa um pouco para o governo hehehehehehhe

Moura ao Luar disse...

A imagem está demaisss

poca disse...

que pena que eu tenho de não perceber nada de politicaaaa eh eh

nenhuma mesmo, só assim não me chateio!

beijinhos

Å®t_Øf_£övë disse...

Belzebeu,
Sempre os Estados Unidos, e a sua prepotência de encontrar teorias para todas as suas atrocidades. Confesso que estou completamente saturado deles.
Abraço.

Sutra disse...

Certeiro, inteligente e sério q.b. este texto.
Parabéns

Bj doce

Alien David Sousa disse...

O diabinho falou a sério!:O Gostei sim senhor. ALL TRUE!
Beijinhos