sexta-feira, agosto 10, 2007

Sabemos que Barcelona é uma terra Infernal...

Onde se podem encontrar muitas das candidatas a menina má do ano e candidatos ao título correspondente do sexo masculino.


Por aqui encontram-se os estilos todos da forma de ser... (ou parecer).


Já experimentámos coisas boas e até coisas más. (faz parte! E a carteira que a larápia levou nem ia muito recheada...)

Estacionar pode ser uma visão aproximada do inferno... para os camelos que vêm de carro como aconteceu a este mafarrico. (uma hora à volta da praça catalunha nem é terrível de todo - sempre dá para ver as modas...)


Mas irritado a sério, de me por completamente enchifrado, foi quando vi o que a foto representa: Azeite! Provavelmente de qualidade menos recomendável que os nossos, em garrafa violável!


Em garrafa violável! Tomem nota da alarvidade!

Esta gente não saberá que está na europa?!

Fiquei com os azeites! Pois claro!

Mas não é pela insoburdinação dos catalães. É pela submissão dos lusitanos.


Sempre rápidos a implementar os disparates!


Aos Catalães, às tantas, ainda lhes dá na gana e desatam a comer fruta sem ser normalizada, a fazer aguardente nas suas próprias casas, a matar o porco sem ir ao matadouro municipal e eu sei lá mais que infernais ideias!


Deve ser por isso que a nossa economia é tão pujante quando comparada com a destes pobres...

24 comentários:

Meg disse...

Ah!!! Não acredito, Mafarrico! Ou antes, acredito porque tu o dizes.
Os malandros.
E quem te manda fazer férias lá fora? Num país atrazado!
Volta. estás perdoado!
Um abraço português

Lusófona disse...

Espero que o menino não tenha deitado nada no azeitezinho... deixe-os lá, bora de volta =)

Beijinhos

J.G. disse...

Ora aí está! O segredo para a sua pobreza e o nosso progresso. Tal, que em 2008 já não serão pedidos mais sacrifícios aos portugueses (palavra de ministro, não minha!)

esses catalães, tal como os franceses, os italianos, etc.etc. servem azeite em galheteiro, manteiga num pratinho e não embaklada? e que falar dos atrasados dos suecos que põe grandes taças de manteigonga da boa à disposição de quem come?

Cambada de violadores das leis mais respeitadas pelos países mais civilizados como o nosso.
Parece impossível!

Olha, quem desce as Ramblas, do lado direito, na 2ª ou 3ª transversal há um parking coberto! Pergunta aí que eles indicam-te.

Isto se não mudaram os sentidos entretanto, claro!

Um abraço e se te cheirar a enxofre já sabes quem vem lá!
Se bem que tu...Mafarrico...também não deves ser muito diferente, não!

Jorge G, o gajo do Sino

C Valente disse...

Continuação de boas férias
Então em Bracelona e a sorte nem sempre dura, azraes,
Quanto a nós pobtres lusitanos , oquandfo os governantes se poem de cocaras fazem tudo que ´a Ce assobia, que nem um cão a daraá cauda, é questões de azeite, é tabuas de coxinha que já não pede ser de madeira,áté a famijerada colher de pau, e lembra-s e da historia das matriculas á CEE, pobres de nós pagamos e não bufamos
Saudações amigas e Bom fim de semana

Diabba disse...

Bem... estás com a pica toda! hihihihi

Nós sp fomos rápidos em assimilar o que não deve ser assimilado. Fico com o pêlo eriçado só de pensar que somos um povo de almas sem coluna vertebral... só isso explica o estado em que as coisas estão...

Queixamo-nos em surdina, mas tomar atitudes? Não, isso é para quem não tem que fazer!

beijo d'enxofre

Zé Povinho disse...

A subserviência Lusa ainda nos há-de levar aos píncaros do 5º império, e então serão todos esses países menos (?) desenvolvidos e respeitadores, que nos virão lamber as botas, como os nosso "patrões" fazem agora a quem realmente manda.
Abraço do Zé

Estrela do mar disse...

...quem te mandou ir ao restaurante?...lol...olha, eu estive o ano passado em Barcelona e adorei...mas se queres que te diga só comi num restaurante uma única vez e foi em Monserrat...e a comida foi paella...hummm...estava uma delícia...porque em Barcelona andei numa roda-viva e não dava para sentar no restaurante e comer descansadinha...porque ás tantas até teria visto o mesmo que tu:(...

al cardoso disse...

Sabe que quando se depende tanto dos "fundos comunitarios" ,tem-se a tendencia de dizer "amem" a tudo para nao fazer zangar os senhores de da "terra das couves" (Bruxelas queria dizer).

Na questao da defeza da nossa identidade temos muito que aprender com os "espanholos" (digo eu).

Saudacoes monarquicas para as profundas.

PintoRibeiro disse...

Estás vivo, porra!!! Abraço,

Eskisito disse...

Submisso para o que interessa, porque nas coisas simples do dia-a-dia são todos pro-activos.
Um abraço

O Profano disse...

Isto só acontece porque a ASAE não pode fiscalizar em Espanha... :)

Carracinha linda! disse...

Férias em Barcelona? Boa escolha!

MariaTuché disse...

O Profano é que disse tudo ahaha

Beijinhossssssssss

J.G. disse...

Passei, mas como todos ainda estão de férias, saí!...

Um abraço e bom regresso quando for o caso!

anjoedemonio disse...

ai é? então já não vou para lá!!!


ainda me envevenamammammam!

Andreia do Flautim disse...

LOL =)

anjoedemonio disse...

nem de propósito alterei mesmo as minhas férias...

C Valente disse...

tenho passado, mas agora não resisti para deixar um abraço
saudações amigas

Odysseus disse...

Estou de volta, fico feliz por ver que o blog não perdeu qualidade. Cumps

asdrubal tudo bem disse...

desculpa mas não concordo. esta das garrafas invioláveis quer para o azeite quer para o vinagre são das poucas boas medidas que se tomaram. nós nem sonhamos a merda que nos dão nos restaurantes.

Lu.a disse...

Então nunca ouviste dizer que de Espanha nem bom vento nem bom casamento? Pelos vistos o ditado estende-se ao azeite também...

adrianeites disse...

são uns porquitos!

cp's

Miudaaa disse...

Chamem-lhes nomes eu GOSTOOO DELES.

gOSTo de Gente que até apresenta o nariz empinado. gOsto sim senhor, e a verdade é que nuestros hermanos à conta da mãozita na anca e o pézito a bater no chão continuam a marcar pontos para eles e para quem habita o país, bem ao contrário de nós portugueses, onde todos os dias somos bombardeados com numeros catastróficos sobre a naçao, como se nós que cá vivemos não o soubéssemos, né???

beijo da miudaaa

Anónimo disse...

Huummmm...Isto pede a intervenção rápida da Rádio Televisão de Fanhões...voltaremos ao assunto.