terça-feira, abril 15, 2008


Um cérebro muito viscoso!

Nicky Taylor, uma jornalista britânica da BBC que integrou uma equipa responsável por um documentário sobre os efeitos da cannabis, decidiu falar com conhecimento de causa. A forma que encontrou para o fazer é no mínimo discutível!

Durante um mês, a jornalista fumou desalmadamente uma variante potente daquela droga, para estar apta a abordar a questão, na posse de todos os dados.

"Sentia como se o meu cérebro se tivesse transformado num líquido viscoso" e sentimentos de "pânico,ansiedade, angústia, perda de memória, transtornos psicóticos e psicomotores" eram alguns dos sintomas ao fim de um mês de consumo.

- Oh minha santa jornalista, a viscosidade do seu cérebrozinho, em nada se deve aos charros que fumou durante um mês. A sua disponibilidade para esta experiência, não augurava nada de bom. O que vai fazer a seguir? E se lhe encomendarem uma reportagem sobre pedofilia? Vai acampar na Eurodisney durante um mês e...salve-se quem puder?

Tenham dó!

Aquele abraço infernal!

64 comentários:

PintoRibeiro disse...

Curioso, no mínimo...eheheheh...
Boa semana e um abraço.

PsYcHo_MiNd disse...

Quem a mandou andar a faltar aos treinos!

Cláudia disse...

Isto realment....
Tens toda a razão no que dizes...
Esta gente quer ganhar fama de maneira tão estupida

Lara disse...

Lá está os charros deram-lhe a lucidez necessária pra descobrir o que já lhe era inato, o cérebro viscoso! E depois fala-se mal da imprensa, pois tá claro, com estes exemplos!
ai óh pá :P
bjs

ines disse...

Quem escreve, na maoir parte das vezes, deveria ter mais informação, é um facto, mas chegar a estes extremos???

e se o tema fôr "os suicidios"?

Haja paciência...

Marco Ferreira disse...

O documentário foi encomendado ou foi sugerido por ela ...

Ele há com cada doido espalhado por esse mundo fora que até faziam corar os malucos internados num qualquer manicómio.

Abraço

marinheiroaguadoce a navegar

Rita disse...

Que grande tonhó!!!
Para a próxima podia fazer um documentário sobre o suicídio e mandar-se de uma ponte abaixo...
Jokas

PDuarte disse...

Espero que nunca lhe sugiram uma reportagem sobre as tendencias do suicidio do certos seres humanos.
Pela técnica que usa acho que se via lixada para contar.

caditonuno disse...

ela queria era dar umas passas valentes e arranjou um motivo, isso sim!

caditonuno disse...

ela queria era dar umas passas valentes e arranjou um motivo, isso sim!

Meg disse...

Arranjam cada desculpa, Belzebu!
Ah... Belzebu... tens um amigo brasileiro, LÁ, que já me concedeu a honra de ser colaborador n'A Recalcitrante. E não se vai falar só de poesia...
Gostava de partilhar essa alegria contigo, Belzebu, que o trataste por amigo.

Um abraço muito amigo

wind disse...

Completamente idiota!lololol
beijos

C Valente disse...

Saudações amigas

migvic disse...

Já vi desculpas melhores...

...fazer uma reportagem...tá boa.

mjf disse...

Olá!
O jornalismo está a atingir a perfeição...qualquer dia para comentar politica...tornam-se politicos..~ihihihi

Beijocas

Marina, com ou sem acento no "A" !!! . disse...

eu cá acho melhor que ela faça uma reportagem sobre suicídio!!

Cati disse...

Acho que foi das piores desculpas que já ouvi para poder fumar charros desalmadamente!

Gostei do teu remate final!

Beijocas diabólicas!

O Guardião disse...

A tal variante devia ser «muito marada», então a fulana não sentiu euforia nem julgou caminhar sobre as nuvens? O produto era de certeza de má qualidade, ou então inventou tudo.
Cumps

Sophiamar disse...

Há algum tempo que não passava por aqui.Gostei do post.
Beijinhos

Andreia do Flautim disse...

LOL!
Bolas, não valia mais entrevistar pessoas?

Paulo disse...

Pois não é excesso de profissionalismo, é estupidez mesmo!
Há por esse mundo fora pessoas que são capazes de tudo para chamarem a atenção e aparecerem na imprensa :S

Não lhe chega ser jornalista?!?

Vício disse...

yes I am!

e se ela pensar em fazer um documentário sobre suicidio? quantas vezes vai ter de se suicidar?

será que os neurónios dela migraram e ela confundiu a viscosidade?

Anónimo disse...

Estranhamente, esta notícia não passou na comunicação social, normalmente tão ávida de "julgamentos mediáticos":
"Começa amanhã, 10 de Abril de 2008, pelas 9:30 da manhã, no Tribunal da Boa-Hora, 3.ª Vara Criminal, em Lisboa, o meu julgamento, por tribunal colectivo, no qual sou acusado de 49 crimes de difamação a Paulo Pedroso, por queixa intentada por este, relativamente a posts que escrevi neste blogue Do Portugal Profundo.»(...)
"O adiamento não alivia, suspende. Costas moídas por quatro processos políticos de alegados delitos de informação política e de opinião política em três anos e meio de blogue, os músculos retesam-se, habituados ao sacrifício pessoal, e a moral prepara-se para honrar os princípios que seguimos e a responsabilidade de cidadania que nos impõem. Nesta hora, e nas outras todas, que são as do combate pelo desenvolvimento social, lembro todos aqueles que sofrem perseguição e injustiça por causa da expressão das suas ideias, em especial aqueles que padecem processos judiciais por esse motivo." (...)
"Muito mal vai uma sociedade que prefere a protecção daqueles que são poderosos em detrimento da liberdade de expressão dos simples cidadãos."

Anónimo disse...

Estranhamente, esta notícia não passou na comunicação social, normalmente tão ávida de "julgamentos mediáticos":
"Começa amanhã, 10 de Abril de 2008, pelas 9:30 da manhã, no Tribunal da Boa-Hora, 3.ª Vara Criminal, em Lisboa, o meu julgamento, por tribunal colectivo, no qual sou acusado de 49 crimes de difamação a Paulo Pedroso, por queixa intentada por este, relativamente a posts que escrevi neste blogue Do Portugal Profundo.»(...)
"O adiamento não alivia, suspende. Costas moídas por quatro processos políticos de alegados delitos de informação política e de opinião política em três anos e meio de blogue, os músculos retesam-se, habituados ao sacrifício pessoal, e a moral prepara-se para honrar os princípios que seguimos e a responsabilidade de cidadania que nos impõem. Nesta hora, e nas outras todas, que são as do combate pelo desenvolvimento social, lembro todos aqueles que sofrem perseguição e injustiça por causa da expressão das suas ideias, em especial aqueles que padecem processos judiciais por esse motivo." (...)
"Muito mal vai uma sociedade que prefere a protecção daqueles que são poderosos em detrimento da liberdade de expressão dos simples cidadãos."

Teté disse...

Eh, eh, eh! Se a mulher se queria entupir de charros, bem podia encontrar uma desculpa melhor do que a "investigação jornalística"...

Cérebro viscoso, já ela devia ter à partida! Vê lá se ela se lembrou de ir ver o que era passar fome em África, um mesito, com passagem de avião de volta? Ou ir viver para um país em guerra, para verificar as dificuldades? Ná, isso era chato, ainda podia ter um "azarito" de percurso!

Se as reportagens jornalísticas dependessem da "experiência" do autor, existiriam muitas que nunca chegariamos a conhecer...

Abraço terreno!

Sulista disse...

A gaija é loira??

Eheheheheh...


Estes coments anónimos foram escritos e são passados com o Portugal Profundo??...caramba que não largam o homem...


Bjs

Miguel disse...

ha malta que não se toca..

fumar cannabis um mês :S lol

Blossom disse...

Ele há com cada uma!!! Se lhe encomendarem uma reportagem sobre prostitutas...ela vai ali abaxo à rua da alegria pró ataque durante 1 mês? Pois...gostas pouco gostas! E depois é em nome do trabalho...
Aí está o que eu chamo de gostar do que se faz :)

NaRiZiNHo disse...

Na Eurodisney não digo, se calhar em PT encontrava algo melhor...digo eu...
:-*

Enfim... disse...

pois realmente não se percebe por favor santa ignarancia loool

o que uma pessoa faz pelo trabalho loool

Beijinhos

Olá!! disse...

Há cobaias para tudo... santa anormalidade
Beijosssssssssss

NuNo_R disse...

E ela ainda teve muita sorte.
Olha se a reportagem fosse acerca dos maleficios do crack ou das meta-anfetaminas...

Quando desse por ela estava toda "agarrada". e depois não fazia uma reportagem, faria antes uma série...

ABR...PROF...

Sol disse...

É pá... que grande pedrada!!

Fica bem.

cosmic girl disse...

realmente inacreditável... sugiro uma reportagem sobre laxantes!

Sandra disse...

:))

substancias viscosas num são outra cena??

a pobre da mocinha já num pode desejar atingir a perfeição pagradar ó xefe naum??

:)))))))))

xinhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da lua

Anónimo disse...

onde chega a estupidez humana!!!
e ela disse como se sentia antes do consumo?? è que se calhar viscoso é melhor sinal que liquido...:)

Carmen

PintoRibeiro disse...

Vendo bem...dó? Só?
Abraço.

meg disse...

Aos amigos comunico que, inesperadamente,
fui obrigada a mudar de residência.
Espero-vos a partir de agora em
Peço desculpa pela forma como o faço
mas se trata de uma emergência que
espero seja a última.
Aproveito para mandar um abraço do
vosso Amigo Romério para todos


E a Meg espera-vos aqui a partir de agora

http://recalcitrantemor.blogspot.com/

Auréola Branca disse...

Realmente, há tudo nesse mundo. Espera-se que ela não morra para voltar e contar como foi lá...

Brigitte disse...

Por este caminho,daqui a pouco haverá mais jornalistas a quererem fazer desta reportagens....
boa semana

MariaTuché disse...

BOM DIA meu caro e bom amigo BELZEBU, hoje não vim comentar o teu post mas sim responder ao teu comentário lá no Me.

5-3

ahahaha


Beijinhos e Saudações Leoninas

Enfim... disse...

lol venho so dizer olá lol posso???hum???oláááááááá eheheheheh va agora ja la podes ir a dar a goza eheheheh vá vai la looool pronto eheheh nem te digo mais nada loool

SPoooooooooooooooooooorrrrrrrtingggggggg

eheheheh muda-te deve ser dos poucos defeitos que tens lol

loooooooooooool

Vá beijinhos n te xateio mais se n ainda sou corrida a pedrada daqui lool

Beijinhos

Teresa Durães disse...

ahahahahhahah só tu! um mês inteiro deve dar para muito

(desta vez o meu post é comestível)

Lu.a disse...

LOL!!
Otária!!!

marco disse...

POIS A COM CADA UM.1
ESPERO QUE A PROXIMA REPORTAGEM SEJA DE PROSTITUIÇAO..VAMOS VER O Q IRIA ACONTECER! ABRAÇO!

Diabólica disse...

É mau dizer isto, mas o que é preciso é pessoas com espírito de luta! Mas, agradava-me mais que lhe fosse encomendada uma reportagem sobre homossexuais! LOL

Seria um regabofe!

Bjos diabólicos.

Casemiro dos Plásticos disse...

há gente mesmo muita marada mas enfim vidas...lol
boa semana meu caro,
um abraço.

antonio disse...

O amigo nunca ouviu falar em experimentalismo?

Mocho Falante disse...

Esta sócia é no mínimo completamente surrealista, cá para mim aproveitou a deixa para se charrar à vontade

ganda maluka

abraços

Peter disse...

Ele há cada uma!

Sophiamar disse...

A jornalista far� sempre o mesmo seja qual for a situa�o? Caminhos perigosos ter� de percorrer.

Beijinhossss

osátiro disse...

A imaginação humana é inesgotável...

Marreta disse...

E vã lá não lhe terem encomendado uma reportagem sobre sexualidade animal.
Saudações ganzadas do Marreta.

Maria disse...

A gaija fumou outra porra qualquer.......
"un porro, por supuesto, de otra mierda"....

Abraço fresquinho (e ventoso)

Marco Ferreira disse...

Bom fim de semana.

marinheiroaguadoce a navegar

São disse...

As pessoas estão a descobrir cada pretexto para concretizarem os seus desejos!!
Espero que , como dizes, não a mandem trabalhar sobre pedofilia. Ou assassínios.
Feliz fim de semana.

Zé Povinho disse...

Eu tenho andado fugido, mas por acaso já tinha lido este post da senhora imprevidente e tonta. Será que ela sabe distinguir a verdadeira da marada? Pareceu-me que não.
Bom fim de semana
Abraço do Zé

Mac Adriano disse...

Impõe-se saber a idade e o aspecto físico dessa senhora. Se não for muito velha e se for jeitozinha, é mandá-la fazer uma reportagem sobre a prostituição. Abraço.

Diabba disse...

Oh desgraça, tanto charro desperdiçado! grunfff

beijo enxofrado

Alien David Sousa disse...

É um disparate, é o mesmo que dizer a alguém que nunca correu a maratona que agora tem de fazer a mesma preparação aye um corredor olimpico, passado 2 semanas está literalmente morto. O cérebro da senhora não estava preparado para levar assim de um momento para o outro com a substância. Enfim, que estupidez. Podia ter corrido muito mal.

Beijinhos diabinho

PintoRibeiro disse...

Bfsemana, abraço K'mrd.

C Valente disse...

A quanto a asneira obriga, a jornalista lembra-me outr, mas portuguesa que foi intervistar a uma embaixada arabe e vestui-se de palhaça
Saudações amigas

Naughty boy disse...

Vai lá vai! A maluca é doida e avariou de vez depois que consumiu a dita cuja.........quando a essa da pedofilia...deixa-me sair daqui antes que ela apareça e lhe dê ideias......

Nao me parece que vá gostar deste mundo.Mamããããããaã!!!!!!!!!!!!!!!!!

Å®t Øf £övë disse...

Belzebeu,
Isto é que é uma jornalista que leva a sua profissão a sério. Isto há cada cena, que não lembra nem ao diabo... ops... sorry...

:)

Abraço.