quinta-feira, abril 10, 2008


XÔ! Fora daqui porque a gruta é minha!

Apesar de me considerar um ser essencialmente urbano, não me é difícil entender que haja pessoas que optem por formas de vida alternativas. Uns procuram o isolamento para se concentrarem em si mesmos, outros pela simples recusa das regras da vida em sociedade e cerca de 2 milhões para fugir da ASAE.
Estas pessoas são olhadas pela sociedade quase sempre com desconfiança. Parece que ninguém está disposto a aceitar dissidências no rebanho. "Coitados, devem ser tolinhos" ou "Só podem ser drogados" ou ainda " Eu bem lhe disse para dar o telemóvel à miúda", são algumas das primeiras reacções. Na realidade trata-se na maioria das vezes de pessoas perfeitamente pacíficas e que só perderam a pachorra para viver em comunidade! A própria comunicação social considera-os como alvos, colocando os interesses comerciais acima do respeito pela privacidade.

O casal alemão Reinhart Treder de 66 anos e Michaela, viveram pacificamente durante 25 anos, numa caverna em Pianottoli-Caldarello, na Córsega, até ao dia em que uma cadeia de televisão francesa resolveu fazer uma reportagem sobre eles, em que os apresentava como "Trogloditas do séc.XXI". Alguns dias depois apareceu o dono do terreno onde se situa a caverna, alguém que nunca tinha sido visto, a exigir que o casal abandonasse a sua propriedade. Na semana passada o casal foi despejado por ordem judicial.

O rebanho está novamente completo!

Aquele abraço infernal!


55 comentários:

Sandra disse...

:)

só comento, vendo c oyos de ver :))

a caverna era mesmo uma caverna?? n tinha modernices?? epah é q sem modernices deve ser mui complicado fazer a higiéne e assim...logo o aspecto n deveria ser mui agradavel né?? daahh especulações!

xinhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da lua

Blossom disse...

Quem é que é o troglodita mesmo? Os simpático casal que não incomodava ninguém e tinha feito a opção da vida deles, ou o anormal do oportunista do dono do terreno que veio exigir que se fossem embora, em troca dos malgrados 5 segundos de fama??? anda tudo louco, e não é pouco

Abraços e palhaços :)

Isabel-F. disse...

os trogloditas foram certamente os que fizeram a reportagem ...


bjs

wind disse...

Incrível!Como se adaptarão eles agora à verdadeira selva?
Beijos

Teté disse...

Ainda me ri com os 2 milhões que andam a fugir à ASAE, mas o resto da história não tem graça nenhuma.

Os coitados lá sossegadinhos no seu canto, quer dizer, caverna, nas tintas para que os chamassem de trogloditas, e vem logo um protagonista exigir que eles se retirem do "seu" terreno? Quis aparecer na televisão, não? Ainda por cima a ficar muito bem visto: o homem que despejou os trogloditas da sua caverna...

Mas em França não há usucapião? E eles não podem pedir uma indemnização ao canal de televisão?

Enfim, era bem merecido...

Abraço terreno (e urbano)!

Zé Povinho disse...

Habituados a viver na selva, a urbana claro, somos compelidos a comportamentos mecanizados e estritamente enquadrados dentro da lógica vigente, se não queremos ser considerados excêntricos ou até tolinhos. Vamos sendo formatados e não raras vezes arrebanhados.
Liberdade começa a ser um mito, e a vontade é cada vez mais reprimida a menos que devidamente sancionada pela sociedade castradora.
Abraço do Zé

Sorrisos em Alta disse...

Convenhamos que eles estavam a pedi-las!

Ir viver para Caldarelo era mesmo pedir Caldeirada!

Aquele abraço

Su disse...

depende da caverna:))))))))

jocas maradas e infernais

Anónimo disse...

esta arrogância dos ditos civilizados já chateia!! mesmo!!!! não lhes caísse uma grua de filmagem em cima da cabeça...

migvic disse...

Estes jornalistas só fazem asneiras.

Meg disse...

Mas tu pensas que isso é o que vem nos jornais? Não, aqui também há casos,em que, salvo algumas diferenças. Se uma pessoa quer viver sozinha, não é aceite. Inventa-se a solidão e traumas e coitadinha...
Eu conheço...
Há gente que está farta de seguir as regras do rebanho.

Um abraço amigo

Andreia do Flautim disse...

Mas viver numa caverna?? Não é desconfortável?

Ka disse...

Realmente a arrogância com que se invade a privacidade das pessoas em nome das audiências é inacreditável! Além disso o dito dono do terreno desconheceu durante 25 anos que eles ali estavam e de repente lembra-se que o terreno é dele????? Credo que gente mesquinha, nojenta, avarenta...e mais não digo que hoje é 6ª feira, está sol e o fim-de-semana promtete :)))

Beijos

ps - imagina lá os pobres coitados a terem de voltar a viver na nossas selva depois de 25 anos sossegados!!!

Cláudia disse...

Mais uma vez a imprensa meteu o pé na poça

PsYcHo_MiNd disse...

Só puseram a nu a farsa que é a sociedade... mesmo 25 anos depois!

mik@ disse...

olá :)
o inferno é sem duvida cá na terra... é que já não há sossego pra ninguém.

bom fim de semana :)
bjinhos

mjf disse...

Olá!
O dono do terreno desalojou o tal casal...porque ele decidiu ir experientar lá viver...tadito.

beijocas
Bom fim de semana

Marta disse...

Vá lá, vá lá, não ter sido a Asae a despeja-los por falta de higiene e segurança! :)

Vício disse...

e tem, inclusive, a ovelha ranhosa do dono desse terreno!

Sutra disse...

Se não fosse a reportagem, lá continuaria o casal a viver pacificamente sem incomodar ninguém.

Beijo doce e bom fim-de-semana

Sol disse...

Maldita comunicação social !!

Bom fim-de-semana

Sol disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Yashmeen disse...

Eu não vivo numa caverna, mas sou um bocado eremita no limite das minhas modernidades :)


Hugs from hell (the next cave we'll see)

tb disse...

pois...disseste tudo!
abraços

PintoRibeiro disse...

Para uma caverna até fugia eu...sem tempo mesmo K'mrd.
Abraço,

São disse...

Antigamente acreditava-se que a Natureza tinha horror ao vazio...
actualmente, a Humanidade tem horror a quem pensa pela sua cabeça!!
Feliz final de semana.

Peter disse...

Meu caro Belzebu

Depois de ter corrido o risco (?) de te ir visitar aos teus domínios infernais, volto a aparecer.

Duas respostas para o teu texto:
- "Dura lex sed lex"
- "Homini homo lupus"

Julgo que aqui se deve aplicar a 2ª.

Abraço

Anónimo disse...

ke irritante, umas vezes não ficam registados os meus comentários, outras eskeço-me de assinar ;)
o comentário não assinado é meu!!
Carmen

C Valente disse...

Boa noite e bom fim de semana. Desculpe só agora contactar, mas tenho tido problemas com o sistema Internet e PC
Saudações amigas, que não esqueço os amigos

tulipa disse...

Pétalas de uma linda flor são todos os momentos, pessoas, paixões, sentimentos que iluminam os meus dias!
Agora sou uma TULIPA.

Beijinhos, querido Amigo.
Bom fim de semana.

jomaolme disse...

Durante os 25 anos nunca incomodaram ninguém e o dono nunca se interessou...Agora vai lá, e tira o "pobre" do casal de sua casa... Pq terá sido???Ah pois...pq a tv apareceu por lá, está claro...bbbrrrggghhh!!!

Diabba disse...

Mas eu aceito os trogloditas, confesso que às vezes gostava de me transformar num... só que teria o cuidado de primeiro comprar o terreno onde se situasse a caverna!

Parece que se esquecem que aquilo tinha um proprietário, e agir com o despejo era um direito que tinha.

beijo d'enxofre

Gata Verde disse...

Esta noticia é brutal!
Como viverão a partir de agora neste mundo de cão?

bjs

papagueno disse...

esta sociedade é terrível, se alguém se afasta um pouquinho do que é considerado "normal" é logo chamado de louco, visionário ou troglodita.
Faço a mesma pergunta que tantos já aqui fizeram, o que vai ser destas pessoas?.
Um abraço.

Maga disse...

só tenho a dizer isto: raios partam a cadeias televisivas e os seus reporteres!
quando naõ têm que fazer então...

Mac Adriano disse...

O que mais há é trogloditas do século XXI. Mas não são aqueles que nos querem fazer crer que o são. Abraço.

Marreta disse...

Estes fazem-me lembrar um filósofo da antiga Grécia, de que não me lembro do nome, que viveu toda a sua vida dentro de um barril para protestar contra as coisas materiais da vida. A grande diferença é que o tal filósofo nunca foi desalojado dos seus aposentos.
Saudações do Marreta.

Anónimo disse...

Lucky Lucke tinha os irmãos Dalton. Nós, que me lembre, nos últimos anos, com alguma notoriedade, temos tido os irmãos Cavaco, os irmãos Portas, os irmãos Pinto e, agora, num afã permanente, os irmãos Pedroso. O seu último alvo é o António Caldeira, do Portugal Profundo. Nos interstícios de flagelarem o próprio Estado e respectivo erário, estão a molestá-lo em tribunal, ao desvalido António, a pretexto de 43 crimes de difamação.
Estou em crer que há duas infelizes coincidências que convergem nesta sombria encruzilhada: por um lado a deficiente fulanoscopia do António Caldeira; por outro, a cara de caso do Pedroso que é Paulo. Dupla e problemática deficiência, portanto. Do Caldeira que, com os olhos que tem na cara, não reparou nas asas penugentas que o outro, bem amochiladinhas, carrega nas costas; do Pedroso que, com a cara que tem à volta dos olhos e a falta de barba para lá pôr, lembra mais cu que fronha de homem e induz em erro o transeunte. Resultou disto incriminado o António por via dos olhos que traz na cara, como incriminante é no outro a falta de cara onde traz os olhos.
Falta apenas dizer que, mais que tudo isto, o que me deixa perplexo é como é que se pode ainda processar alguém por difamação neste país. Especifico: como é que se pode julgar como crime algo que já alcançou foros de costume? Em que os eleitos existem para difamar, mais por acções que por palavras, aqueles que os elegem; e os eleitores existem para difamar, mais por palavras que actos, aqueles que acabam de eleger... Pelo que, vista friamente a coisa, difamar tornou-se um crime impraticável, equivalente ao homicídio dum cadáver.
Não; crime, agora, só se for falar verdade.

Ana disse...

Isto foi quando mesmo?!? Eu ando mesmo fora deste planeta!! :s

as velas ardem ate ao fim disse...

Um bjinho e boa semana

Anónimo disse...

Portugal Profundo: Outro a contas com a «justiça» de Abril...

«Começa amanhã, 10 de Abril de 2008, pelas 9:30 da manhã, no Tribunal da Boa-Hora, 3.ª Vara Criminal, em Lisboa, o meu julgamento, por tribunal colectivo, no qual sou acusado de 49 crimes de difamação a Paulo Pedroso, por queixa intentada por este, relativamente a posts que escrevi neste blogue Do Portugal Profundo. (...) O adiamento não alivia, suspende. Costas moídas por quatro processos políticos de alegados delitos de informação política e de opinião política em três anos e meio de blogue, os músculos retesam-se, habituados ao sacrifício pessoal, e a moral prepara-se para honrar os princípios que seguimos e a responsabilidade de cidadania que nos impõem. Nesta hora, e nas outras todas, que são as do combate pelo desenvolvimento social, lembro todos aqueles que sofrem perseguição e injustiça por causa da expressão das suas ideias, em especial aqueles que padecem processos judiciais por esse motivo. Muito mal vai uma sociedade que prefere a protecção daqueles que são poderosos em detrimento da liberdade de expressão dos simples cidadãos. A democracia representativa em Portugal chegou ao nadir do seu percurso: a opressão dos cidadãos pelo poder que os deveria representar e defender.(...)»

Retirado do blogue Do Portugal Profundo.

De qualquer forma «teve sorte», pois não ficou em prisão preventiva, a aguardar julgamento por causa daquilo que pensa ou diz. A tal treta que o Adelino Caldeira falava, em Abril de 74

Enfim... disse...

infelizmente o jornalismo em portugal tem mt poder, á vezes em que é bom mas eles abusam do poder que tem.

desconhecia este caso n tinha ouvido falar eheheh

Beijinhos

Boa semana

Miguel disse...

esta malta não existe mesmo...

boa semana :D

Sereia disse...

Eles deviam ter ido fazer yoga...e o casal continuava a viver feliz p sempre!

Marina, com ou sem acento no "A" !!! . disse...

que bom que é viver numa comunidade tão compreensiva, e tão respeitadora dos ideais dos outros!!

Rita disse...

"O rebanho está novamente completo" inclusivé a ovelha negra...
Jokas

MariaTuché disse...

Os desgraçados viviam numa caverna e agora vão viver para a SELVA URBANA!!

Essa cadeia de televisão Francesa é só empata f.....

beijinhos amigo Belzebu, e veja lá se aparece ahahaah

Alessia com Tico e Teco disse...

vim matar saudades deste inferno

beijos infernais

NaRiZiNHo disse...

Oh sorte marreca!!!!
A caverna não tinha alcatifa nem água potável?
E aquecimento? :P
:-*

ines disse...

Estamos (estão) estregues á macacada!

estamos em que século???

Meg disse...

Olha, Belzebu, não tarda muito e havemos de cais na inversa, os bancos ficam com as casas e o pessoal`vai à procura de grutas... até é mais ecológico. Vais ver!

Um abraço daqueles

Hindy disse...

Passo para deixar um beijinho hindyado...

Alien8 disse...

Ah, a bendita TV... e mai-la sua missão formativa-informativa. Pois. P q a p. Salvo, evidentemente, o devido respeito, que não é muito.

Dá-lhes com força, Belzebu!

Abraço alienígena.

Alien David Sousa disse...

A mesquinhes e estupidez humana não têm limites

Beijinhos diabinho

Å®t Øf £övë disse...

Belzebeu,
Na falta de noticias, há que ir desassossegar quem está quietinho no seu canto para fazerem deles noticia, e assim acabarem por criar uma noticia. Isto é que é comunicação social à séria...
Abraço.