domingo, fevereiro 11, 2007


E agora?

Cá pelo Inferno costumamos receber uns personagens diabólicos, aos quais nem o barrete é possível enfiar, que têm aquilo a que se costuma chamar... "mau perder"!

É uma espécie de maus fígados e digestões difíceis que a nós nos custa a engolir.
Mas pronto! Ser guardião dos Infernos tem destas coisas e lá os vamos encaixando nas cabinas especiais para o efeito.

Será que os mesmos que antes nos obrigaram a aceitar um NÃO não vinculativo, em que apenas 15% dos Portugueses nos condenaram a uma espera que manteve tudo na mesma, hoje vão pedir que um SIM, também não vinculativo, seja ignorado?!

Se assim for... impõe-se a inevitável pergunta: Para que serve a Assembleia da República?

Há anos, tristemente, entendemos que se deveria fazer a vontade a quem se deu ao trabalho de ir votar!
E custou-nos muito!

Hoje, continuamos a pensar da mesma maneira!

Quem vota merece respeito!!!

Nova lei... já amanhã!


Ah! E uma homenagem muito especial a todos os outros votantes do Não que nos foram informando que, mesmo ganhando o Não, sugeririam à Assembleia da república que começasse a trabalhar numa proposta de despenalização.
Vamos a isso, mesmo com a vitória do sim (até ficámos baralhados!)
E também a todos os outros apoiantes do NÃO que aceitaram desde logo os resultados e aguardam como nós pela nova lei, despenalizante, que traga melhores condições para quem decida interromper a gravidez e apoio a todas as mulheres que engravidem...

56 comentários:

Carmen disse...

Nem mais!!!

Carmen disse...

Ouvi agora que mais 1 milhão de pessoas votou neste referendo, em relação a referendo de 98!!
Ainda há dúvidas ??
Se se respeitou a maioria noutro referendo, há alguma dúvida sobre o que fazer ??

Mónica disse...

tá muito "polite".... isso é da parceria???

Eduardo Leal disse...

correcção:

com apenas 75 freguesias por apurar... o SIM já tem mais de 2 096 000 votos.

É um resultado bem expressivo!

Viva a Democracia!

Cláudia disse...

Acho que a abstenção mais uma vez foi mt grande...
As pessoas deviam ir votar...
Temos que exercer um voto que tanto custou a conquistar.

mafarrico disse...

Não é bem "polite".

É mais respeito pelos vencidos!
Pelos que respeitam as vitórias dos outros... claro!

Eduardo Leal disse...

Uma última correcção/actualização:

Votaram pelo SIM 2 238 053 Portugueses e Portuguesas, contra 1 539 078 Portugueses e Portuguesas.

E, ficaram em casa, pelas razões que só eles saberão 4 981 015 Portugueses e Portuguesas.

O direito à cidadania é um direito fundamental.
E não é obrigatório exercê-la.
É até frequente que os que menos participam sejam os que mais protestam.

É assim!

Kalinka disse...

Este blog mais uma vez demonstra que está muito actual, assim à boca das urnas dá logo os resultados, bota discurso, e amanhã faz-se a Lei. Tá dito...

Gostei.

Obrigado pelas tuas visitas.

Bom início de semana.
Beijo.

pexeseco disse...

Espero que o teu voto hoje tenha sido certo para haver esperanca tambem para muitos.
Abracos!

mafarrico disse...

A maternidade é dos valores mais preciosos... desde que desejada!

Caso contrário só contribui para fazer filhos infelizes!

O que pretendo é o direito à escolha! De quem tem legitimidade para escolher: A Mulher!

Belzebu disse...

Apesar da abstenção lamentávelmente elevada, o povo Português deu um claro sinal, de que nem sempre está disponível, para embarcar em demagogias. Em questões como esta, em que a vida das pessoas, a sua liberdade de escolha e a saúde, votaram e disseram claramente o que pretendem!

Cumpra-se pois a sua vontade!

A mão que escreve disse...

é isso mesmo, quem votou sugeita-se á democracia, quem não votou abdicou do seu direito de raclamar!!!

Zé Lérias disse...

Um grande abraço para vós!

Catarino disse...

Meu caro amigo, já sabes como foi o meu voto e quais as minhas convicções...
No entanto não posso refutar, nem criticar pois a maioria ganha e a maioria decidiu sim...
Apesar de não ser vinculativo, como aliás tu referes, o Sim ganhou e agora há que fazer cumprir a vontade da maioria do povo português.
É com muita pena que vejo isto acontecer, espero não nos virmos a arrepender um dia...
MAs olha, já está já está...
Espero também que tal como dizes, a partir de agora as mulheres que com dificuldades decidirem levar as suas gravideses para a frente, não lhes falte o apoio...
Um abraço...

amigona disse...

Quero deixar-te um abraço...gosto de te ler, gosto de aqui vir...e hoje estou feliz. Chamaram-me muitos nomes, senti-me muito ofendida,sou pela Vida, sou pela defesa das crianças e das famílias e felizmente ganhou o SIM...ninguém vai abortar senão quiser, só espero que rapidamente nenhuma mulher seja sinalizada por esse momento trágico das suas vidas...o blog não me deixou postar sobre o assunto...paciência, fui falando aqui e ali...obrigada pela tua participação...

Peste disse...

Definição de Assembleia - Local de lazer e socialização de abortos não efectuados atempadamente.

Peste disse...

Definição de Assembleia - Local de lazer e socialização de abortos não efectuados atempadamente.

peace_love disse...

Comemorar o quê? Mais uma vez quem ganhou foi a abstenção..

Eduardo Leal disse...

Peace...

Gostaria de lhe dizer que o exercício da cidadania é voluntário.
Não é porque muitos se estão nas tintas que os outros (mesmo que poucos e votando SIM ou NÃO), deverão baixar os braços.

Para o caso de não ter reparado (e sugiro que veja os resultados finais no meu blog (www.fiodonorte.blogspot.com) votaram mais de 3 milhões de portugueses.

Houve inclusivé Portugueses que, não concordando com a pergunta, ou estando indecisos, ou outra qualquer razão, se fizeram ao caminho e foram votar branco ou nulo.

A eles, também, a minha sincera homenagem!

Mariazinha disse...

Os argumentos do "não" e abstenção só convenceram os mal esclarecidos...
Isso mostra a mentalidade e grande civismo do "povo" cá da terrinha.
Um abraço e boa semana

Peter disse...

O final é bem demonstrativo do "fair-play" do Diabo.

Qd eu era estudante do secundário, havia um tipo muito, muito feio, a quem chamavam "o pintão". Caloiro, perguntei porquê e a resposta foi:

- Então não conheces aquele ditado:

«O Diabo não é tão feio como o "pintão" »

as velas ardem ate ao fim disse...

Este país é uma merda cheia de gente estupida que so querem saber deles proprios.


Bjoas a nos que votamos

eu mesma! disse...

estou muito feliz pois ganhou o "sim" já não era sem tempo!

Maria Strüder disse...

Atirar postas de pescada cobardemente é tão fácil né Belzi

Diabólica disse...

BELZEBU,

Nem mais, faço minhas as tuas palavras.
Mas, convido-te a dares um "saltinho" à minha casa, que tembém escrevi um testamento sobre o assunto.

E apesar do resultado do referendo não ser vinculativo, a lei vai ser discutiva na AR na especialidade, e vai mesmo ser mudada, isto porque a maioria do Parlamento como sabes é PS.

Portanto, acho que desta ganhámos!

Beijinhos infernais.

tulipa_negra disse...

exerci o meu dever e o meu direito enquanto cidadã... o mesmo não se pode dizer de cerca de 4 milhões de portugueses. creio que há que reflectir sobre isto: porque é que não foram votar?

vinculativo ou não, o resultado não dá margem para erros nem dúvidas. tal como em 98, a "vontade" dos que votaram deve ser respeitada.

beijocas e gostei das vossas palavras

Sutra disse...

Em vez daquela pergunta sobre «para que serve a AR?» eu perguntaria antes «para que serve um um referendo se nao é vinculativo?»

Mas parece que será vinculativo, sim - dizem!
E eu quero acreditar que irão cumprir.

Bj doce

mymind disse...

inda ha axim, gostava k mais malta tivexe votado, tanto luta pa democracia e agr... mas eu tb percebo k esta kestao seja mais "complikada" kas outrs, envolvem valores, moral e uma cena de coisas mto pexoaix!agr ko sim ganho vams la ver s n fikams so pelas promexax, eh k promexax ja basta as k tems!
bju

Belzebu disse...

É verdade Maria Struder! Mas esses que atiraram postas de pescada cobardemente, que inventaram falsos dados, que recorreram a fotos de fetos com 6 meses, hoje estão provavelmente de ressaca. É que mentir é feio e tudo se paga nesta vida!

Saudações infernais!

gato_escaldado disse...

Força! Não se pode perder tempo.Há que explorar o sucesso.

Abraços

poca disse...

há os ditos e os não ditos e os ditos por não ditos..
e mais não dito
beijokas infernais

boleia disse...

e' verdade sim senhor... se assim nao queriamos, que la fossemos dizer alguma coisa, certo?... (eu bem gostava de ter a possibilidade)
Mas adiante, que tudo se resolva o melhor possivel para quem precisa!
beijola!

Jorge P.G. disse...

Já agora, o meu desejo de que "todas as muitas iniciativas de auxílio às mulheres, iniciadas desde há 8 anos pelos NÃOS", como disseram agora tantas vezes, continuem... e que essas mesmas pessoas prossigam com o mesmo entusiasmo que teriam se o NÃO tivesse vencido o referendo.
NÃO PAREM, NÃO?

Um abraço terreno.

Andreia do Flautim disse...

Vamos lá ver no que isto vai dar.

Casemiro dos Plásticos disse...

ora ai está!

Nomyia disse...

Só achei escusado os argumentos de carta de uma bebé à mãe as lágrimas da nossa senhora. Campanha hilariante. Bem, foi feito um referendo, vinculativo ou não, foi demonstrada a vontade dos portugueses.
*****

Alien8 disse...

De acordo, infernais criauturas!
Boa semana aí nos Quintos!

Mocho Falante disse...

vamos lá entender esta gente...afinal de contas porque votaram então no Não???? Confesso que estou confuso, mas segundo contam as más línguas os apoiantes acérrimos do Não fizerem um pedido às instâncias superiores para que abanasse cá o burgo para nos demover desta coisa de irmos pelos caminhos do mafarrico (passo a expressão) e assim se deu o sismo de hoje...será que resultou???

abraços

Lu.a disse...

APOIADO!
E mais nada...!

wind disse...

É isso aí!:)
beijos

susana disse...

sem tirar nem pôr
Excelente!

Estrela do mar disse...

...então não é que o que queria comentar aqu neste post, enganei-me e comentei noutro post vosso...mas de qualquer forma aqui deixo de novo o comentário...


...eu comungo da mesma opinião, e digo-te, ainda bem que estás no inferno e tens cabinas especiais para o efeito que relatas...eheheeh...



Jinhossssss e boa semana.

Sol disse...

É isso mesmo. Não escrevas mais !

IOI

Tuche disse...

Bravo, quem escreve assim não é gago ahaha

Um beijo aos donos deste inferninho :))

Pipokka disse...

eu só acho que continuam a ser muito poucas pessoas a dar o sue contributo... acho que a votação deveria valer apenas se mais de 50 % da população tivesse votado.

Jokas

Maria Strüder disse...

É isso e os anônimos fófinhos Belzi

Mónica disse...

grande mafarrico :-)

Papagueno disse...

Esperemos para ver o que se vai decidir na Assembléia da República.

mystic disse...

Se não for vinculativo a credibilidade destes governantes, que já é bastante baixa, vale ZERO.

Alien David Sousa disse...

SIM! Belzebu. Respeitámos. Vamos ver se somos respeitados desta vez. Mais não digo porque muito já foi dito.
Beijos diabinho

Teresa Durães disse...

bom, lá apareço tarde como costume.

só queria deixar escrito que penso ser lamentável haver tanta abstenção quando a liberdade é cara de se ter. Será necessário perdê-la de novo para que se apercebam?

preferia que não.

GoMi disse...

Apoiado

Zé Rocha disse...

Suponho k por aí já estejam em obras de ampliação para albergar uns quantos excomungados !!!
abraço e parabéns por tamanho aumento de freguesia, eheheh !!!

Cruzeiro disse...

A verdade é que todos se queixam mas quando chega a hora de fazer alguma mudança todos borrifam porque é uma canseira ir votar, e estamos sempre á espera que os outros o façam por nós...é mesmo á Tuga!

Yashmeen disse...

Cheira-me que nem daqui a vinte anos temos sito posto em prática...


Abraços infernais

Mafalda Freire disse...

E mesmo sendo do Não, esperemos que a LEi seja mudada para melhores condições para a mulher e criar mais ajudas de aconselhamento.

www.confissoesdeumasurda.blogs.sapo.pt